Criança de 10 anos vê mãe ser morta com tiros na cabeça pelo padrasto | Agência GBC
29.8 C
Canoas
07 de dezembro de 2022

Criança de 10 anos vê mãe ser morta com tiros na cabeça pelo padrasto

O padrasto é um engenheiro que atua e morava em Canoas

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

A filha de 10 anos de Juliana de Freitas Alves Krucinski de 41 viu a mãe ser morta com três tiros na cabeça e um no tórax. O crime aconteceu na última sexta-feira (31) em Porto Seguro, na Bahia. O autor do crime é Reges Amauri Krucinski de 43.

De acordo com a Polícia Civil, Reges confessou o crime. Agora, os investigadores tentam entender a motivação do crime. Os dois se conheciam há dois anos e eram casados desde setembro de 2020.  Inicialmente, a informação era de que eles tinham ido para a Bahia passar a Virada de Ano, mas há relatos de que eles estavam se mudando e pretendiam abrir um hotel na cidade.

Uma babá já foi escutada pelos policiais. Ela relatou que o engenheiro que atua e morava em Canoas estava na piscina junto com a jornalista. Eles começaram a discutir e o homem foi até a suíte e retornou com uma arma. Na sequência, ele disparou diversas vezes contra Juliana. A empregada ainda ressaltou já tinha visto outras brigas do casal.

O homem tentou fugir, mas acabou preso em flagrante. Na casa, foram apreendidas uma pistola calibre 380, um revólver de calibre 357, uma espingarda calibre 12, e munição. Segundo a Polícia Civil da Bahia, os armamentos estavam registrados no nome do engenheiro.  

Na delegacia

Reges tentou suicídio na delegacia. Conforme o relato de policiais, o engenheiro  bateu com a cabeça diversas vezes contra a parede. Ele sofreu diversos ferimentos e precisou de atendimento médico.

A reportagem de Agência GBC tenta contato com a defesa de Reges, mas ainda não obteve retorno.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!