Policiais civis da 3ª Delegacia de Polícia de Canoas – 3DP/CANOAS, coordenados pelo Delegado Rodrigo Caldas, prenderam em flagrante uma mulher por tráfico de drogas, no bairro Guajuviras.

Foram apreendidos com a indiciada 576 pinos de cocaína, que estavam embalados em aproximadamente 50 “malotes”, além de inúmeros pinos ainda não embalados em malotes. Assim, não se tratava de um ponto de tráfico, mas de local de armazenamento de drogas para posterior distribuição.

Conforme as investigações preliminares, a indiciada, que já fora presa por esta mesma Delegacia em outra oportunidade, era a responsável por “segurar” os “malotes”, ou seja, manter em depósito as drogas que seriam depois distribuídas para “bocas de fumo”.

Com origem em denúncias e informações, a ação policial exigiu rápida ação da Polícia Civil.

O Delegado Rodrigo Caldas afirma que “Foi uma ação fruto de uma contínua, incessante e qualificada atuação da Polícia Civil, com base em investigações policiais que possuem foco no crime de tráfico de drogas.” E que “a ação rápida da equipe policial foi essencial para a constatação da flagrância e apreensão das drogas.”

O Diretor da 2 Delegacia de Polícia Regional Metropolitana – 2 DPRM, Regional de Canoas, Delegado Regional Mário Souza, destaca que “foi uma ação cirúrgica da Polícia Civil, decorrente de uma investigação dinâmica para a apuração dos fatos.” E que “o combate e repressão incessantes ao tráfico de drogas possui grande relevância, pois é modalidade criminosa que atinge de forma grave e direta toda a população .”