Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Siga a Agência GBC no Instagram

Uma adolescente de 14 anos confessou ter matado a própria tia com facadas e golpes de panela na última segunda-feira (24) na cidade de Feijó, no interior do Acre.

Segundo a polícia, a adolescente teria tentado matar primeiro o primo, de apenas 10 anos. Como não conseguiu, o trancou em um quarto para depois cometer o crime contra Maria Antonieta de Souza Abreu, de 38 anos, a tia dela.

Após o crime, a menina saiu de casa e, cerca de uma hora depois, se apresentou no quartel da polícia e confessou.

Para o delegado responsável pelas investigações, o crime pode ter sido planejado, já que um diário com anotações sobre a pretensão da sobrinha foi achado. “Foram muitas facadas e ela bateu demais com a panela na cabeça da tia. A faca ficou cravada na vítima. Nunca tinha visto tanto sangue na minha vida. Ela disse que foi porque a tia pegava no pé dela, não deixava ela sair, não deixava namorar. Mas eu não acredito nisso”, completou Ferreira, ao Portal G1.

“Havia uma relação harmônica entre as partes e o que chama atenção é o planejamento da adolescente. O crime não foi impulsivo, um ataque. Foi algo planejado. Tem um diário que ela escrevia e deixava claro que iria fazer isso. Era uma relação tranquila, mais do que tia e sobrinha, isso sempre foi muito nítido”, afirmou o delegado.