Mulher recebe cachaça no lugar de água em hospital | Agência GBC
29.8 C
Canoas
07 de dezembro de 2022

Mulher recebe cachaça no lugar de água em hospital

Siga a Agência GBC no Instagram

Zenilda Lisboa deu entrada no Hospital Municipal de Santa Teresina, na Bahia, com fortes dores no estômago. A mulher, de 37 anos, trabalha como lavradora e mora na cidade com cerca de oito mil habitantes. Na unidade, ela foi informada que passaria a noite em observação e pediu água. No entanto, a mulher foi surpreendida ao receber bebida alcoólica no lugar.

“Eu estava com muita falta de ar e com a garganta muito seca, por isso pedi água. A enfermeira veio com um copo e eu estava tão desesperada para tomar água que virei o copo. Quando engoli, senti que não era água, era cachaça”, disse a mulher.

“Minha pressão caiu na hora, eu comecei a passar mal, a vomitar. A enfermeira disse ‘Jesus, eu te dei cachaça’, e voltou correndo para a sala. Acho que isso piorou muito a minha situação, quando eu tomei [a cachaça] dobrou o que eu estava sentindo”, afirma.

De acordo com a lavradora, ainda não se sabe o que causou o erro do hospital. “Ela disse que possivelmente algum paciente deixou a garrafa no lugar e ela passou para mim”, conta.

Zenilda compartilhou o caso em um vídeo nas redes sociais, e disse que até então ninguém do hospital entrou em contato com ela para esclarecer a história. “Eles agem como se nada tivesse acontecido”, afirma.

A paciente continua internada na unidade e espera resultado de exames para definir um diagnóstico. Zenilda pretende processar o hospital.

A TV Bahia, a enfermeira que atendeu a lavradora, Valci dos Santos, confirmou que a paciente recebeu bebida alcoólica ao invés da água solicitada. Ela ainda disse que os funcionários deixam uma garrafa em cima do armário da enfermaria para facilitar o atendimento aos pacientes.

Valci alega que não sentiu o cheiro da bebida ao entregar o copo à mulher. “Tirei a máscara para cheirar e realmente era bebida alcoólica. Estava em uma garrafa de água mineral, porém o líquido dentro não era água mineral”, disse. No entanto, a enfermeira não soube explicar o porquê de haver bebida alcoólica dentro da garrafa.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!