Foto: Jaime Zanatta/GBC

Siga a Agência GBC no Instagram

Os coletivos que circulam em Nova Santa Rita são alvos de queixas da comunidade. Para tentar resolver o problema, mais uma vez, o prefeito Rodrigo Battistela foi até Metroplan. Desta vez, ele entregou um documento exigindo a troca da empresa STI (Vianova), responsável pelo transporte intermunicipal.

“As condições dos nossos ônibus são historicamente precárias. Eles operam em nossa cidade sem as mínimas condições e não é de agora, isso é o que mais nos preocupa. Assim como não é de agora que trazemos as reclamações até o governo do Estado”, pontua o líder do Executivo. O diretor de Transportes Metropolitanos da Metroplan, Francisco Horbe, recebeu a comitiva, mas não prazos para a solução dos problemas detalhados.

Battistella pondera que já foram tentadas conversas, mas nada que tenha surtido efeito na prática. “Pedimos a troca da empresa que atua em nossa cidade. Não há mais condições de continuar com um serviço como este. Nossos munícipes estão sofrendo com a falta de condição dos coletivos”. De forma provisória, a solução apresentada é de que a Expresso Charqueadas assuma o transporte. “Em 30 dias eles têm condições de operar e dar condições dignas de transporte aos usuários. Esperamos que a Metroplan, que o governo do Estado sejam ágeis em um retorno.”