Curso online gratuito para alunos do Ensino Médio encaminha jovens para vagas de emprego em Canoas

A iniciativa é voltada para jovens de 17 a 22 anos.

A estudante Naiélle da Silva Machado, de 19 anos, é uma PROANE, nome dado aos estudantes do PROA. Moradora de Canoas, Naiélle tinha concluído o Ensino Médio na Escola Visconde do Rio Branco. Ela já tinha tido uma experiência profissional no Mc Donald’s, mas estava desempregada até que sua mãe viu uma matéria sobre inscrições para o PROA na TV. A jovem não só se inscreveu, como foi aprovada e chegou a participar da aula inaugural em abril.

Há um mês, Naiélle conseguiu uma vaga como assistente administrativa na Clínica de Psicologia M&F, de Canoas. “Mostrei para a pessoa responsável o conteúdo que já tinha aprendido e consegui o emprego. Estou achando perfeito, porque o que vi no PROA, consigo aplicar no meu trabalho diariamente”, conta a jovem.

Estão abertas as inscrições para a capacitação gratuita do Instituto PROA. A iniciativa é voltada para jovens de 17 a 22 anos, que concluíram ou estão cursando o 3º ano do Ensino Médio em escolas públicas. O curso on-line tem duração de três meses e depois os alunos são encaminhados para vagas de emprego oferecidas por empresas parceiras. As inscrições vão até o dia 26 de julho no site: https://www.proa.org.br/ e as aulas iniciam no dia 1º de agosto.

É a segunda turma do Estado. Na primeira edição, cujas aulas começaram em março, foram mais de mil jovens inscritos e aprovados. A iniciativa tem o apoio da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Renda, por meio da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social; da Secretaria Estadual da Educação; do Instituto Cyrela; e da Fundação Casas Bahia.

Durante três meses, os estudantes aprovados no PROA passam por uma formação básica gratuita, que inclui aulas de Autoconhecimento, Planejamento de Carreira, Projeto Profissional, Raciocínio Lógico e Comunicação. Depois, eles podem optar por seis trilhas com capacitações mais específicas nas áreas de Análise de Dados, Varejo, Administração, Logística, Promoção de Marcas e UX Design.

Empregos

Depois do curso, o próprio Instituto PROA faz o encaminhamento para vagas de emprego oferecidas por empresas parceiras. No Rio Grande do Sul, empresas mantenedoras como Instituto Cyrela e Fundação Casas Bahia, e seus braços empregadores, Cyrela e Via (Casas Bahia), já estão dentro da parceria.

A CEO do Instituto PROA, Alini Dal’Magro, celebra as parcerias: “Estávamos esperançosos em levar essa oportunidade para os jovens e agora, animados para poder conectá-los ao mercado de trabalho”, ressalta.

As empresas interessadas em conceder oportunidades aos jovens podem se inscrever no link https://www.proa.org.br/quero-empregar/, enviando suas vagas disponíveis ou entrando em contato com a gerente do time de Empregabilidade, Regiane Tofanello Costa, pelo e-mail: [email protected] ou pelo telefone (11) 98741-1790.

Uma ferramenta contra o desemprego

O PROA pode ser um apoio decisivo na conquista do primeiro emprego. Os dados mais recentes, divulgados pelo IBGE, indicam que 22,8% dos jovens com 18 a 24 anos estavam desempregados no final de 2021. Falta qualificação e domínio de conceitos básicos que são ensinados no curso.

É a perspectiva de capacitar esses jovens e prepará-los para o mercado de trabalho que motivou a criação do PROA em 2007, em São Paulo, por um grupo de empresários. Até agora, já passaram pelo projeto mais de 9.500 jovens, em São Paulo e no Rio de Janeiro, e 9 em cada 10 conquistaram vagas de emprego após o curso.

Instituto PROA

O Instituto PROA foi fundado em 2007 por um grupo de empresários que compartilham o sonho de impulsionar jovens com poucas oportunidades a serem protagonistas de suas carreiras.

O PROA fornece formações gratuitas para maximizar a chance desse público construir um futuro melhor em todo o país e tem o desejo de concretizar o seu objetivo de capacitar mais de 300 mil jovens nos próximos anos.

Informações e inscrições estão disponíveis no site: https://www.proa.org.br/