Foto: Polícia Civil/Divulgação

Siga a Agência GBC no Instagram

A Polícia Civil deflagrou no final da manhã desta terça-feira (5) a Operação Império Central no Centro Histórico de Porto Alegre. A ação tem o objetivo de evitar a venda de produtos falsificados. A ofensiva teve o apoio da Receita Federal e Guarda Municipal.

Duas lojas na Avenida Júlio de Castilhos e na Voluntários da Pátria foram fiscalizadas. Nos dois locais, os policiais encontraram uma grande quantidade de produtos falsificados e sem procedência lícita comprovada. Na lista estão brinquedos, produtos eletrônicos, controles de videogame, fones de ouvido, acessórios de videogames e outros produtos que imitavam o desenho industrial e utiliza marcas conhecidas.

Ainda, conforme a Polícia Civil, ninguém foi preso. Porém, os responsáveis pelas lojas foram identificados e serão responsabilizados criminalmente.

Vendidos em outros lugares

Agora, os investigadores vão apurar as denúncias de que esses produtos também eram comercializados para lojas do Interior do Estado, já que os estabelecimentos alvos da ofensiva, desenvolvem o comércio atacadista. Os produtos encontram-se sob a responsabilidade da Polícia Civil e da Receita Federal, a qual realizará a análise da regularidade fiscal dos bens apreendidos.