Buscas por advogada desaparecida são suspensas; polícia segue investigação | Agência GBC
22.9 C
Canoas
09 de dezembro de 2022

Buscas por advogada desaparecida são suspensas; polícia segue investigação

O desaparecimento dela chega ao quinto dia

Siga a Agência GBC no Instagram

Estão suspensas desde a noite da última terça-feira (19) as buscas por Alessandra Dellatorre de 29 anos. A advogada está desaparecida desde a tarde de sábado (16) quando saiu para caminhar em São Leopoldo, no Vale do Sinos.

O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas na área conhecida como Matão, no limite entre as cidades de São Leopoldo e Sapucaia do Sul. Porém, caso recebam novas buscas, o efetivo volta ao local. Eles estavam na área desde a manhã do último domingo (17).

Investigação não para

Mesmo com a suspensão das buscas, a Polícia Civil segue investigando o caso. Os agentes buscam imagens de câmeras de segurança que possam ter registrado o trajeto que a advogada fez. Além disso, testemunhas seguem sendo escutadas.

Em entrevista coletiva o delegado André Serrão, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Leopoldo, informou que a suspeita é que Alessandra siga na área, já que as câmeras do lado oposto de onde ela ingressou na área de mata não registraram a saída dela. “Consideramos a possibilidade dela ter deixado a mata em um ponto cego, onde as câmeras não conseguem registrar. Mas ainda não há nenhum fato concreto que comprove isso”, afirma.

Ainda, de acordo com o delegado, a investigação apura as razões que levaram ao desaparecimento da mulher. Os investigadores não descartam que ela tenha sido vítima de um crime, porém, a hipótese perdeu força após analises de imagens e relatos de que ela estava sozinha.

Quem tiver informações sobre o desaparecimento deve entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone 0800-642-0121.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!