CANOAS | Procon flagra comércio vendendo telhas e lonas com preços abusivos

Ao longo da semana, as equipes do Procon irão voltar aos locais.

Equipes de fiscalização do Procon Canoas realizaram ao longo desta terça-feira (16), visitas em madeireiras e distribuidoras de materiais de construção da cidade. O objetivo da ação foi fiscalizar os preços de telhas e lonas, protegendo os consumidores de um aumento abusivo na venda dos produtos.

Segundo a coordenadora do Procon Canoas, Tais Marques, depois do forte temporal da noite de segunda-feira (15), os valores pedidos pelos materiais tiveram aumento significativo. “Desde cedo, colocamos duas equipes de fiscalização nas ruas para acompanhar a evolução dos preços. Muitas denúncias foram chegando até nós também ao longo do dia. As telhas que na semana passada os clientes compravam por R$ 53,00, hoje os consumidores estão pagando R$ 90,00. Um valor bem abusivo e que com certeza vamos enquadrar no Código de Defesa do Consumidor”, enfatizou.

Em um primeiro momento as visitas de fiscalização, notificam as empresas que estão com preço acima do normal e orientam para que os valores sejam mantidos dentro da margem normal de lucro. Ao longo da semana, as equipes do Procon irão voltar aos locais para comparar as notas de entrada com os preços praticados no ato da venda.

Os consumidores que se sentirem lesados devido aos preços praticados podem procurar o Procon Canoas para realizar a denúncia na Rua General Salustiano, 142, bairro Marechal Rondon ou pelo WhatsApp 51 99149 0991.