Entenda o que é a "musicoteapia", ação que tem ajudado pacientes dos hospitais de Canoas | Agência GBC
18.8 C
Canoas
29 de setembro de 2022

Entenda o que é a “musicoteapia”, ação que tem ajudado pacientes dos hospitais de Canoas

A musicoterapia tem crescido nos últimos anos como alternativa para estimular o cérebro em áreas que podem acelerar no tratamento de doenças complexas.

Neste sábado (10), pacientes dos hospitais Nossa Senhora das Graças (HNSG) e Universitário (HU) receberam mais uma edição do projeto “Canoas+amor”. Nesta, diversas pessoas e crianças levaram músicas e mensagens positivas para quem cuida e para quem recebe os cuidados mas unidades.

Conforme a diretora de projetos especiais, Eliane dos Passos, a musicoterapia leva amor e empatia através da arte, mas também auxilia no tratamento de doenças, além de contribuir na socialização das pessoas. “Temos vários estudos que reconhecem e afirmam o papel que a música tem na recuperação dos pacientes, afastando gradativamente a sensação de mal-estar e proporcionando alívio e paz”, explicou.

Esta é a sexta edição do projeto realizado pela Prefeitura de Canoas, por meio do Escritório de Projetos, em parceria com as secretarias da Saúde e Escritório de Comunicação, e conta com o apoio da empresa JJ Serviços Médicos e da Escola do Violão Charles Daniel. “A emoção ficou visível no olhar e na felicidade de vários pacientes e familiares dos hospitais”, destaca.

A musicoterapia tem crescido nos últimos anos como alternativa para estimular o cérebro em áreas que podem acelerar no tratamento de doenças complexas. Alguns estudos, como os do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, revelam que é um reforço no estímulo a atividade motora, memória, linguagem e sentimentos.

A técnica é utilizada, e já apresenta avanços significativos, em doenças como ansiedade, depressão, pessoas que tiveram Acidente Vascular Cerebral (AVC), hipertensão, Alzheimer e o Parkinson. Na educação, é utilizada para estimular crianças com autismo.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!