Traficantes de Canoas vendem drogas pelo Correio para tentar enganar a polícia

Eles são alvos de uma ofensiva nesta terça

Siga a Agência GBC no Instagram

Em três meses, os investigadores da 1ª Delegacia de Polícia de Canoas descobriram um esquema, chefiado de dentro do sistema prisional, que envia drogas de Canoas para todo o país pelos Correios e transportadoras. Um dos criminosos foi preso em flagrante após mandar uma remessa de drogas para a Bahia.

Essa organização foi alvo da Operação Monkey deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (13). Mais de 80 policiais cumpriram sete ordens de busca e apreensão nos bairros Mathias Velho e São Luís.

O delegado Rafael Pereira, que coordena a ofensiva, estima que o esquema já exista há mais de um ano. Ele ressalta que os Correios colaboraram com toda a investigação. “Com o apoio deles, interceptamos três correspondências, duas para Charqueadas e uma para Salvador, na Bahia”, afirma.

Até o momento, dois criminosos já foram presos.

Aguarde mais informações