Ganhador da Mega-Sena é sequestrado e morto

Um homem de 55 anos, ganhador de mais de R$ 47 milhões na Mega-Sena de 2020, morreu nesta quarta-feira, 14, em Hortolândia, no interior de São Paulo, após ser encontrado machucado em uma rodovia. De acordo com a Polícia Civil, Jonas Lucas Alves Dias tinha sinais de espancamento, e teve cerca de R$ 20 mil retirados de sua conta. O caso segue em investigação.

O encontro da vítima ocorreu na manhã desta quarta, em uma alça da Rodovia dos Bandeirantes, na altura do Jardim São Pedro. O homem chegou a ser socorrido até um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos.

O irmão de Jonas prestou esclarecimentos às autoridades e relatou que ele estava desaparecido há um dia. Em consulta às contas dele, a Polícia constatou que aproximadamente R$20 mil foram retirados de sua conta bancária por meio de transferências bancárias e PIX.

Além disso, conforme informou a equipe de investigação, cartão de débito de Jonas também foi levado pelos suspeitos. Há ainda tentativas de transações que não foram concluídas, no entanto, a Polícia Civil não informou o valor.

Diante do caso, foram solicitados exames junto ao Instituto Médico Legal (IML), e o caso foi registrado como extorsão seguida de morte. Ainda segundo a Polícia, equipes de investigação de Americana, Piracicaba e Hortolândia realizam diligências para encontrar os autores do crime.

FONTE: Leouve