Criminoso mata dentista e corta dedo para sacar dinheiro no banco

O bandido foi preso

Siga a Agência GBC no Instagram

O dentista Rafael Caranhato, de 24 anos, foi encontrado morto, dentro de casa com o dedo decepado, em Fraiburgo, no Oeste de Santa Catarina. O suspeito foi preso com o carro da vítima e R$ 5 mil, além do dedo indicador, que pode ter sido retirado para sacar dinheiro.

O corpo do rapaz foi encontrado dentro do apartamento, embaixo de cobertas, de acordo com informações do Nossa Santa Catarina, filial da Rede Globo na região.

Colegas de trabalho de Rafael estranharam a demora e a falta em dia de serviço, desconfiaram e acionaram a Polícia Militar para verificar o paradeiro do rapaz. O apartamento estava chegado e garagem vazia.

Investigação

A suspeita é o assassino tenha matado Rafael e decepado o dedo para fazer saques bancários. De acordo com a Jovem Pan, o jovem teria levado os pertences para o carro da vítima, que estava no estacionamento do prédio. No entanto, ele não encontrou o controle para sair do local. O autor ficou no veículo até o amanhecer do dia seguinte, quando uma moradora do apartamento abriu o portão para sair e o homem aproveitou para fugir.

A Polícia de Santa Catarina informou que o homem foi autuado por latrocínio, quando acontece roubo seguido de morte.