Mulher é morta pelo marido; Ele foi até a polícia confessar o crime | Agência GBC
20.3 C
Canoas
05 de fevereiro de 2023

Mulher é morta pelo marido; Ele foi até a polícia confessar o crime

Uma mulher de 69 anos foi morta pelo ex-companheiro, nessa sexta-feira (14), em São Lourenço do Sul. O homem se entregou à Polícia Civil após cometer o crime.

O corpo de Ieda Mendes Nunes foi localizado por um policial civil dentro da própria residência, na Rua Sepé Tiaraju, no começo da manhã. O agente chegou até o endereço por indicação do próprio suspeito. O homem procurou a Delegacia de Polícia (DP), por volta das 8 horas, acompanhado de um casal, e confessou a autoria do crime.

Na casa, a polícia encontrou a porta de entrada arrombada e o cadáver da vítima deitado de costas no chão do quarto. O local foi isolado e a perícia criminalística do Instituto-Geral de Perícias (IGP) acionada para realizar o levantamento de informações. O corpo foi recolhido para necropsia no Departamento Médico-Legal (DML) de Pelotas.

Um inquérito policial foi instaurado pelo delegado Edson Ramalho, titular da DP local, para apurar as circunstâncias do crime. A investigação aguarda os resultados da perícia na casa e no cadáver de Ieda para apontar a causa da morte.

O homem foi preso em flagrante por feminicídio e encaminhado ao sistema penitenciário. O casal que acompanhou o suspeito na delegacia prestou depoimento e confirmou que ele assumiu a autoria da morte. O nome e a idade do preso não foram divulgados pelas autoridades. A polícia apura as possíveis motivações do crime. Outras testemunhas serão ouvidas nos próximos dias. Mais detalhes do caso serão fornecidos no decorrer do processo.

A mulher deixou quatro filhos, netos, bisnetos, irmãos, sobrinhos e demais familiares e amigos.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!