Atirador invade escola e mata três crianças  | Agência GBC
23.2 C
Canoas
03 de fevereiro de 2023

Atirador invade escola e mata três crianças 

O atirador fugiu do local

Siga a Agência GBC no Instagram 

Duas escolas foram alvo de um atentado a tiros, na manhã desta sexta-feira (25), em Aracruz (ES). A ação teve ao menos três mortos e 11 feridos, de acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública do Espírito Santo. Os nomes das vítimas e do atirador envolvido na ação não foram divulgados. Segundo a Polícia Militar, as vítimas são duas professoras da rede municipal e um aluno do 6º ano fundamental de uma unidade particular de ensino. As informações são do UOL Notícias .

O autor dos disparos fugiu de carro e ainda não foi localizado ou identificado. Até o momento, dois suspeitos foram descartados de envolvimento no crime — um adolescente de 16 anos, que estuda em um dos colégios, e um motorista que chegou a ser detido no fim da manhã de hoje.

Segundo imagens de circuito de segurança, uma pessoa armada arrombou um cadeado e invadiu a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Primo Bitti, por volta das 10h, e, em seguida, continuou a ação no Centro Educacional Praia de Coqueiral, unidade particular local. O atirador chegou com roupas camufladas e encapuzado. Os tiros foram ouvidos por vizinhos dos colégios. A polícia investiga se houve algum outro envolvido no crime.

De acordo com o capitão da PM Sérgio Alexandre, o atirador teria invadido a primeira unidade de ensino já armado com uma pistola e carregadores e se dirigiu à sala dos professores, onde deu início aos disparos. Ele teria ameaçado alguns profissionais do local na ação.

“Ele já entrou atirando e feriu lá pelo menos seis pessoas. Duas morreram na hora com vários disparos. Seriam professoras da unidade. Ele chegou de carro na escola, possivelmente contava com ajuda de uma outra pessoa que estamos tentando localizar”, explicou o capitão. 

Em seguida, o autor dos disparos embarcou no carro e seguiu para uma escola particular, que fica na mesma avenida. “Ele saiu em um carro dourado e chegou na outra escola fazendo a mesma coisa. Desceu já atirando e baleou cinco pessoas. Uma delas acabou morrendo também”, afirmou o PM.

O delegado titular da Deic (Delegacia Especializada de Investigações Criminais), Leandro Sperandio, confirmou os ataques e pediu ajuda da população para encontrar os autores do crime.

“Dia difícil para a gente aqui em Aracruz. Infelizmente, um caso triste. As polícias já estão cientes e estamos com todo o efetivo das polícias militar e civil trabalhando, mas o mais importante é se tiver alguém conseguir informações ou câmeras que possam nos ajudar, ligue para o 181 ou 190. É a hora de nos juntarmos e corrermos atrás disso para solucionarmos esse crime”, disse Sperandio.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!