Segurança de festa mata jovem | Agência GBC
31 C
Canoas
30 de janeiro de 2023

Segurança de festa mata jovem

Caso ocorreu na madrugada de 14 de janeiro; inquérito foi encaminhado ao Judiciário

CLIQUE AQUI para receber as notícias no WhatsApp

Um segurança de 58 anos foi indiciado por homicídio em Xangri-lá, no Litoral Norte. Ele é suspeito de assassinar Renan de Oliveira Rosa, 18 anos, na saída de uma festa, na madrugada de 14 de janeiro. O caso aconteceu em um estacionamento ao lado do complexo Las Ramblas, na praia de Atlântida.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito, identificado como Rogério Farias Camargo, é ex-policial militar. Ele tem antecedentes criminais e foi licenciado da Brigada Militar, por indisciplina, em 2002. Segundo nota divulgada pelo Las Ramblas, Camargo atuava na segurança de um estacionamento.

Renan teria sido retirado do complexo gastronômico, juntamente com outros jovens, após uma briga dentro de uma casa noturna. O grupo foi levado ao estacionamento, onde, de acordo com a investigação, foi atingido por um golpe de canivete. O segurança, que teria confessado o crime, foi preso em flagrante e encaminhado para a Penitenciária Estadual de Osório, onde segue detido. Com ele, foram apreendidos um revólver, uma faca a três canivetes.

Segundo o delegado Roland Alexander Short, responsável pelo caso, o inquérito foi encaminhado ao Judiciário no dia 18. A reportagem de GZH tenta obter a identificação e contato da defesa do investigado, para contraponto.

No comunicado divulgado após o ocorrido, o Las Ramblas lamenta o fato, destaca que o crime ocorreu fora do bairro comercial e diz que forneceu todas as informações e imagens de câmeras de segurança à polícia.

Fonte: GZH.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!