18.9 C
Canoas
20 de junho de 2024

Nova norma técnica dita regras para instalações elétricas de canteiro de obras

Todo cuidado é pouco quando o assunto é instalação elétrica de canteiro de obras. Isso porque em qualquer tipo de construção (comercial, industrial ou residencial) é fundamental que a elétrica dessas áreas, além de funcionar corretamente, não apresente quaisquer riscos aos profissionais que trabalham no local e ao seu redor.

A grande preocupação com as instalações elétricas em canteiros de obras é com os choques elétricos, pois esses locais se caracterizam por possuir ambientes fechados molhados ou úmidos, e atividades em áreas externas sujeitas a chuvas, o que aumenta os riscos deste tipo de acidente. Além disso, a grande presença de material combustível no canteiro de obra facilita a geração e a propagação de incêndios de origem elétrica.

Com relação aos choques elétricos, segundo dados do Anuário Estatísticos de Acidentes de Origem Elétrica 2023 Ano base 2022 da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), mostram que no ano passado 592 pessoas morreram no país em acidentes envolvendo choques elétricos. 

Em fevereiro deste ano, entrou em vigor a nova ABNT NBR 17018 que especifica os requisitos para as instalações elétricas de canteiros de obras de construção e de demolição, como, por exemplo: construção de novas edificações; reparo, modificação, extensão ou demolição de edificações existentes ou partes destas edificações; obras públicas; e trabalhos de terraplenagem.

“Infelizmente, os canteiros de obras estão entre os locais com maior incidência de acidentes de origem elétrica, como choques e incêndios. Assim, a existência de uma norma técnica de instalações elétricas específica para esses ambientes, se aplicada, pode resultar na diminuição da quantidade e gravidade dessas ocorrências”, revela o engenheiro eletricista Hilton Moreno, que também é consultor técnico da COBRECOM.

Ainda de acordo com Moreno, que também coordenou o grupo de trabalho que elaborou o projeto de texto desta norma, é importante observar que a NBR 17018 não é aplicável às instalações elétricas de locais administrativos dos canteiros de obras (por exemplo, escritórios, vestiários, salas de reuniões, cantinas, restaurantes, dormitórios e banheiros), as quais devem atender a ABNT NBR 5410.

Dispositivos de segurança

Em instalações elétricas de canteiros de obras, os dispositivos de segurança obrigatórios basicamente são os mesmos que em outros tipos de instalações, como disjuntores, fusíveis, DR, DPS, entre outros.

“A diferença é que, nos canteiros de obras, são exigidas algumas condições mais rigorosas para estes dispositivos em consideração à exposição mais perigosa às influências externas que os trabalhadores estão submetidos nesses locais”, aponta Moreno.

Segundo o profissional, no caso de proteção contra choques elétricos, além de tudo o que já consta da NBR 5410, foram aumentadas exigências de uso de DR de alta sensibilidade em circuitos de tomadas e iluminação. No caso do DPS, existe ainda uma recomendação adicional na NBR 17018 para considerar a necessidade de seu uso por conta das manobras em guindastes, elevadores e betoneiras, por exemplo.

Projeto elétrico bem dimensionado

Todo canteiro de obra, independentemente de sua dimensão ou finalidade, deve ter um projeto elétrico completo, sendo que todos os requisitos das normas aplicáveis devem fazer parte desse projeto, como sistema de aterramento completo, dimensionamento adequado dos condutores elétricos, proteção contra choques elétricos e proteção contra sobretensões.

“Essa regra vale para todos os tipos de instalações, seja canteiro de obra ou uma residência, um edifício comercial ou uma enorme indústria siderúrgica”, ressalta Hilton Moreno.

Principais componentes

Toda instalação elétrica de canteiro de obras precisa de componentes como o dispositivo DR, para proteção dos trabalhadores contra choques elétricos; o DPS para salvaguardar os componentes da instalação elétrica e os equipamentos eletroeletrônicos usados na obra, como ferramentas elétricas, motores, entre outros; além de disjuntores ou fusíveis que são necessários para evitar sobrecargas e curtos-circuitos, que podem dar origem a incêndios.

“Além disso, NBR 17018 indica ainda os tipos de tomadas e de quadros elétricos que podem ser utilizados em canteiros de obras, além de prescrever que as instalações elétricas destes locais devem ser inspecionadas com mais frequência do que outros tipos de instalações”, completa Moreno.

Segurança do trabalho

Além de seguir as prescrições técnicas das normas da ABNT NBR 17018, a instalação elétrica de um canteiro de obra está sujeita à regulamentação de segurança da NR-10 do Ministério do Trabalho e Emprego.

Esta norma regulamentadora traz inúmeros requisitos que devem ser observados na operação de uma instalação elétrica que visam à segurança dos trabalhadores que lidam com essa instalação e que utilizam a energia elétrica no local.

“Uma das partes da NR-10 trata exatamente dos vários itens de segurança, incluindo EPI´S, que devem ser seguidos pelos trabalhadores que intervêm na instalação elétrica do canteiro de obra”, esclarece Hilton Moreno.

Além disso, é fundamental que a rede elétrica esteja longe dos locais onde são feitas as misturas de argamassas na qual a água é elemento importante.

Cabos PP são proibidos em instalações fixas

Independentemente de ser ou não um canteiro de obra, a NBR 17018 e a NBR 5410 proíbem o uso dos cabos PP (classe de tensão 500 V ou 750 V) nas chamadas instalações fixas, como aquelas que saem dos quadros e chegam nas tomadas, luminárias, motores, entre outros, por meio de condutos como eletrodutos e eletrocalhas.

“Os cabos PP 500 ou 750 V são permitidos apenas como cabos de ligação dos equipamentos (pertencentes ao equipamento) e extensões. Neste último caso, é muito comum a utilização de extensões em canteiros de obras e, portanto, apenas quando incorporados às extensões, os cabos PP 500 ou 750 V podem ser utilizados”, explica Hilton Moreno.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!