Crianças de 4 e 8 anos imploraram pela vida ao pai, antes de serem mortas por ele | Agência GBC
15.8 C
Canoas
31 de maio de 2023

Crianças de 4 e 8 anos imploraram pela vida ao pai, antes de serem mortas por ele

Ele queria se vingar da esposa sobre uma suposta traição que teria descoberto

CLIQUE AQUI e receba as notícias no WhatsApp

Ramon de Souza Pereira, um motorista de aplicativo residente em Santo Antônio de Goiás, região metropolitana de Goiânia, é suspeito de cometer um crime brutal contra suas duas filhas, de 4 e 8 anos. Segundo relatos do delegado Humberto Teófilo ao portal de notícias G1, Pereira afirmou em uma ligação que mataria as meninas como forma de vingança por uma suposta traição. Os corpos das crianças foram encontrados carbonizados dentro de um carro na rodovia GO-462.

Após o crime, Pereira tentou suicídio e foi levado a um hospital com lesões no pescoço e na barriga, passando por uma cirurgia. Na tarde da última terça-feira (23), ele foi preso pela Guarda Civil Metropolitana durante buscas na região de chácaras da cidade. Até o momento da prisão, ele não havia prestado depoimento formalmente devido à sua internação.

Além do homicídio qualificado das filhas, Pereira responderá por lesão corporal contra sua esposa, pois teria agredido ela antes de buscar as crianças na escola. Segundo o delegado, a esposa afirmou que ele tinha a intenção de matá-la.

O delegado Marcus Cardoso, da Delegacia de Homicídios, revelou que Pereira já havia feito ameaças de matar as filhas anteriores. A investigação segue em andamento para esclarecer todos os detalhes e circunstâncias desse incidente trágico.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!