17 C
Canoas
24 de junho de 2024

Criminosos invadem casa e tentam matar casal a tiros

A Polícia Civil investiga o caso

CLIQUE AQUI para receber as notícias no WhatsApp

Duas pessoas, residentes na parte inferior de um imóvel no prolongamento da rua do Nascente – local conhecido como “Beco da Nascente” no bairro Santo André, em Guaporé, ficaram feridas após serem alvejadas por disparos de arma de fogo na noite da sexta-feira, 23. Por volta das 20h30min, criminosos balearam um casal, ele com 32 anos e ela com 43 anos, dentro da residência e posteriormente empreenderam fuga.

O Corpo de Bombeiros Militar foram comunicados por uma das vítimas sobre o ocorrido. Ela, ferida em uma das coxas, relatou que seu namorado estava caído e inconsciente. A guarnição, ao chegar no local, constatou que o homem possuía diversas perfurações na região do peito/tórax. Rapidamente, após imobilizá-lo, encaminharam-no para atendimento no Hospital de Guaporé e, em seguida, retornaram para socorrer a mulher que também foi levada para a casa de saúde.

Assim que acionados, policiais do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM) deslocaram-se para a cena do crime e, na sequência, passaram a efetuar buscas na tentativa de localizar os criminosos. Informações recebidas, através da Central de Operações (Telefone 190), é que tripulavam um automóvel de cor clara (Branca ou Prata). Após efetuarem os disparos, empreenderam fuga em alta velocidade em rumo desconhecido. Apesar dos esforços empreendidos ao longo da noite e madrugada, não houve êxito na prisão.

Agentes da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, compareceram para dar início à investigação com objetivo de apurar a motivação e a autoria da dupla tentativa de homicídio. Imagens de câmeras de videomonitoramento de imóveis e estabelecimentos comerciais das proximidades poderão colaborar. Na porta de entrada da residência onde o casal foi baleado havia uma câmera de vigilância instalada.

Em virtude dos ferimentos provocados pelos disparos, o homem, após passar por todos os procedimentos médicos, foi transferido para uma unidade hospitalar de Caxias do Sul. Não há informações sobre o seu estado de saúde. A mulher foi liberada horas depois após atendimento.

Fonte: Portal Leouve

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!