CANOAS: Traficantes vendiam brownies recheados com maconha

O grupo criminoso acabou preso após uma operação da Polícia Civil

CLIQUE AQUI para receber as notícias
no WhatsApp

Uma ação da 3ª Delegacia de Investigações do Denarc (3ª DIN/DENARC) descobriu a venda de brownies recheados com maconha em Canoas. O produto era vendido através de um Call Center montado por um grupo criminoso.

Entenda o caso

A Operação Clavus desarticulou um esquema de abastecimento de drogas de alta qualidade na Região Metropolitana. Cinco criminosos foram presos em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo a polícia, a investigação descobriu que o grupo criminoso usava um sistema de tele atendimento para atender e distribuir drogas, por meio de entregadores, para os clientes. A central de recebimento de pedidos funcionava atrás de uma manicure. O local, conforme a polícia, teria sido escolhido para dar uma aparência lícita ao local.

Drogas, armas e veículos no local

Durante a ofensiva, os policiais apreenderam uma grande quantidade de drogas no imóvel em que funcionava o Call Center. Foram encontradas porções de maconha com alto teor de THC, drogas sintéticas e cocaína. Foram localizados 45kg de maconha em tijolos, 1kg de cocaína em porções, 6kg de maconha em porções e 710g de maconha skunk

Além disso, os agentes também encontraram uma pistola 9mm com a numeração raspada e R$ 3 mil em espécie. No local, foram apreendidos quatro veículos e equipamentos utilizados para a produção e armazenamento dos entorpecentes.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!