Prédio de indústria colapsa após enchente em Canoas

A estrutura é utilizada para armazenar 100 mil toneladas de soja

Um prédio da Bianchini, no bairro Harmonia, em Canoas, colapsou com as enchentes que atingem a cidade desde o início de maio. A estrutura é utilizada para armazenar 100 mil toneladas de soja.

De acordo com a empresa, a estrutura foi comprometida e rompeu devido ao volume das águas. Ainda, conforme a Bianchini, parte do prédio está com rachaduras devido à pressão da água.

A empresa não divulgou o valor do prejuízo.

Prédio colapsa após enchente em Canoas: saiba o que diz a empresa?

Conforme comunicado assinado pelo diretor-presidente da empresa, Arlindo Bianchini, as operações em Canoas estão afetadas pelas enchentes. Além disso, as operações só deverão ser retomadas quando a água baixar em vias próximas ao complexo logístico.

“A Bianchini continuará na permanente avaliação da situação, primeiramente, preservando a integridade física de sua equipe, assim como seguirá dando todo o suporte necessário aos mesmos, em especial aqueles diretamente afetados por este evento climático”, diz o diretor-presidente através de comunicado.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!