Enchente em Canoas: Imagens de drone mostram bairro Mathias Velho totalmente submerso

Ainda há previsão de mais chuva para os próximos dias

A situação permanece crítica no bairro Mathias Velho, em Canoas, onde grande parte das residências ainda se encontra sob as águas, com níveis tão altos que quase cobrem os telhados. (Veja vídeo abaixo)

Este cenário desolador é o resultado da inundação que assolou a cidade na madrugada do dia 4 de maio.

A equipe de reportagem da Agência GBC teve acesso exclusivo a imagens capturadas por um drone no último domingo (19), revelando a magnitude da tragédia que afetou os moradores de Mathias Velho. As imagens mostram uma vasta extensão do bairro, praticamente submersa, com apenas os telhados das casas emergindo das águas que vem do Rio dos Sinos.

Jairo Jorge anuncia reativação da casa de bombas 8 para escoar água mais rápido do bairro

O prefeito de Canoas, Jairo Jorge, realizou no último sábado (18), uma vistoria no dique e nas casas de bombas do bairro Mathias Velho. 

Segundo Jairo, a casa de bombas 8 será reativa assim que o nível da água baixar no bairro. “As águas não afetaram os motores e nem os quadros eletrônicos”, pontua.

Ainda, de acordo com o prefeito, cada motor retira, por segundo, mais de 2 mil litros de água. 

Enchente em Canoas: Rompimento do dique

Durante a vistoria, Jairo informou que o dique teve um rompimento de 40 metros próximo a casa de bombas 6, no final do bairro Mathias Velho. “Baixando as águas, vamos fazer o fechamento do dique para que as águas não retornem. Depois, vamos elevar a altura que proteja toda nossa cidade para que não aconteça mais uma catástrofe”.

O prefeito também estima que, nos próximos dias, também poderá reativar a casa 6.

Defesa Civil emite alerta de inundação severa para Canoas e região

A Sala de Situação do Rio Grande do Sul informa nesta segunda-feira (20), sobre a atual condição hidrológica, destacando níveis acima da cota de inundação na região metropolitana, com tendência de declínio devido ao escoamento das águas do Guaíba para a Laguna dos Patos. Os rios Jacuí, Sinos e Gravataí também apresentam níveis elevados, ainda que em declínio, enquanto a região da costa doce da Laguna dos Patos enfrenta as maiores inundações da história.

Previsões indicam chuvas volumosas entre os dias 21 e 23 de maio, especialmente nas regiões mais ao norte do estado e divisa com Santa Catarina, podendo causar extravasamentos de rios menores, arroios e córregos devido à elevada intensidade das chuvas.

Os maiores volumes de chuva estão previstos para a metade sul e regiões do centro e noroeste do estado, aumentando o risco de extravasamento de rios menores e, posteriormente, elevação dos rios principais, podendo ultrapassar cotas de inundação e causar transtornos aos moradores das áreas de risco, além de alagamentos nos perímetros urbanos. As bacias mais vulneráveis são: Alto Jacuí, Vacacaí-Vacacaí Mirim, Pardo, Taquari-Antas, Caí, Mirim São Gonçalo, Camaquã, Tramandaí e Mampituba, Ijuí, Piratinim, Butuí-Icamaquã, Ibicuí e Quaraí.

Devido ao cenário extremo na Região Hidrográfica do Guaíba e na costa doce da Lagoa dos Patos, é esperada a manutenção de níveis elevados, indicando condição de inundação severa para as cidades destacadas no mapa.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!