13.3 C
Canoas
14 de julho de 2024

Neblina cancela e atrasa voos comerciais na Base Aérea de Canoas

Esses não são os primeiros transtornos causados pelas condições metereológicas em Canoas

A forte neblina na manhã desta quarta-feira (12) transtornos para passageiros de voos comerciais na Base Aérea de Canoas. A condição meteorológica provocou atrasos e cancelamentos nas viagens. 

O primeiro problema foi com uma viagem da Gol entre São Paulo e Canoas. O voo que deveria ter saído de Congonhas com destino ao Rio Grande do Sul foi cancelado. Por causa disso, o voo com destino a capital paulista foi suspenso. 

Além disso, o voo da Azul que saiu do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, com destino a Base Aérea atrasou. Com isso, a viagem entre Canoas e o interior de São Paulo também atrasou. 

Neblina cancela voos comerciais na Base Aérea de Canoas: problema recorrente

Esses não são os primeiros transtornos causados pelas condições metereológicas em Canoas.

Nos últimos dias, passageiros da Latam aguardaram mais de duas horas para embarcar em São Paulo. Ao chegar no RS, a aeronave arremeteu para Criciúma e os usuários aguardaram mais uma hora, para a aeronave decolar em direção ao território gaúcho.

Em outro caso, o piloto arremeteu e pousou no Aeroporto de Jaguaruna, em Santa Catarina, após não conseguir pousar na BACO.

Operação Emergencial 

A Base Aérea de Canoas está sendo utilizada para voos comerciais desde o final de maio após o fechamento do Aeroporto Internacional de Porto Alegre atingido pelas fortes enchentes. A inundação invadiu a pista e o terminal de passageiros. 

Para viabilizar a operação, a Fraport – concessionária que administra o terminal em Porto Alegre – estruturou o local e utiliza o ParkShopping para fazer check-in e despacho de malas dos passageiros

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!