Foto: Susepe

Da redação | Na madrugada desta quinta-feira (26), a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) encaminhou ao sistema prisional os 26 presos que estavam provisoriamente em dois contêineres no Instituto Penal de Novo Hamburgo (IPNH), no Vale do Sinos. A ação ocorreu para cumprir decisão da 7ª Câmara do Tribunal de Justiça do Estado.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Os presos foram encaminhados para a Penitenciária Modulada Estadual de Montenegro. Participaram da operação agentes da Susepe do setor de vagas do Departamento de Segurança e Execução Penal (DSEP), do Departamento de Segurança e Escolta e da 1ª Delegacia Penitenciária Regional.

Na semana passada, a Justiça decidiu suspender o uso dos contêineres como celas. Os compartimentos vinham sendo usados desde maio pelo Instituto Penal da cidade. O objetivo dos contêineres era amenizar a superlotação das cadeias.

A medida judicial decorre de constatação de irregularidades nos contêineres. Segundo a Defensoria Pública gaúcha, os espaços não apresentam condições térmicas e climatização adequadas.

Os contêineres foram adquiridos pelo Judiciário e entregues ao Estado no dia 21 de dezembro do ano passado. As estruturas foram orçadas em R$ 70 mil, tendo o valor custeado pela Vara de Execuções Criminais de Novo Hamburgo (VEC NH), com recursos oriundos de transações penais.