FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Foi identificado como João Daniel Souza de 18 anos o homem encontrado morto às margens da Estrada Abel de Souza, na Costa do Ipiranga, em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O corpo estava com as mãos e pernas amarradas.

Conforme informações da perícia, o homem foi torturado e esfaqueado antes de ser morto. Para morrer, ele foi atingido por diversos disparos de arma de fogo.

Antecedentes

João Daniel já era conhecido da polícia. Em agosto, ele e mais dois comparsas encomendaram drogas com o Diogo Silva Pinheiro de 24 anos. Quando foi fazer a entrega no Rincão da Madalena, Diogo foi morto com seis tiros.

Dias depois, na madrugada de domingo ele e mais seis comparsas foram até uma residência na Morada do Vale II, onde acontecia uma festa. No local, eles atiraram contra as pessoas que estavam na casa. Duas morreram e 33 ficaram feridas.

Conforme o delegado Felipe Borba, que é titular titular da Delegacia de Homicídios de Gravataí, João Daniel era suspeito de pelo menos outros dois crimes praticados no município.

Até o momento, não há suspeitos para o crime.