Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Três pessoas foram presas suspeitas de participação no sequestro de um adolescente de 16 anos, ocorrido da última terça-feira (14), em Uruguaiana, na Fronteira Oeste. O menino havia sido abordado após ter saído da escola. Ele caminhava para casa, quando acabou sendo surpreendido por bandidos. O bando exigia R$ 200 mil à família da vítima para sua libertação.

Por 32 horas, o jovem ficou sob domínio dos sequestradores. Ele passou a maior parte das 32 horas em um cativeiro. A polícia descobriu, durante a caça aos criminosos, que uma dos pessoas envolvidas no sequestro era empregada doméstica na casa dos país da vítima.

Três suspeitos foram identificados e presos temporariamente até a conclusão das investigações e localização da quarta pessoa. O menino foi liberado na noite desta quarta-feira (15).