Fonte/foto: Assessoria de Imprensa - Samae / Divulgação

Foto: Samae/ Arquivo/ Divulgação

Samae | A tarifa de água de Caxias do Sul não sofrerá reajuste em 2018 pela primeira vez nos últimos dez anos. A decisão foi tomada pelo prefeito Daniel Guerra após a análise dos cálculos apresentados pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). Foram levadas em consideração as despesas operacionais, os juros e amortização da dívida, além dos investimentos previstos para o ano que vem.

Ao cálculo foi aplicado o índice inflacionário de 4,5% (estabelecido como meta pelo governo federal em 2018), além de um percentual previsto para o crescimento operacional, como a compra de novos materiais e serviços que serão contratados ao longo do ano.

Somado a isso, foram levantadas todas as despesas previstas para, então, chegar ao valor necessário para o funcionamento da autarquia em 2018. “cálculo indicou que mantidas as receitas, com base na média atual, não há necessidade de reajuste na tarifa. O valor que iremos arrecadar com o valor atual já cobre essas despesas e investimentos”, explica o diretor-presidente do Samae, Gerson Panarotto.

Zerar o reajuste só foi possível com a redução das despesas de custeio ao longo de 2017. Isso inclui gastos com insumos químicos, cargos em comissão, aluguel de veículos de servidores e renegociação de contratos. “Tudo isso foi determinante para o equilíbrio das contas. O Samae não tem como objetivo a geração de lucro. Temos é que gerar receita para avançarmos nos investimentos e cobrir as despesas. Essa forma de trabalho, focada na gestão responsável dos recursos, vem dando certo. Prova disso é que fecharemos esse ano com superávit no caixa da autarquia”, destaca o prefeito Daniel Guerra.

Para o próximo ano, o Samae prevê investimentos de R$ 40 milhões em novas redes de água, esgoto, estações de tratamento, início das obras de construção da sede própria, além do reforço no número de novos servidores.Agradecemos em especial aos servidores e colaboradores da Autarquia, que graças ao esforço conjunto para a otimização de recursos, foi possível trazer esse benefício de reajuste zero para toda a comunidade caxiense”, conclui Panarotto.

Tarifa de 2017 também sofreu redução no governo Daniel Guerra

Ao assumir como prefeito de Caxias do Sul, Daniel Guerra também reduziu o percentual de reajuste da água. Inicialmente previsto em 8,11% pela antiga administração, o atual governo baixou o índice para 6,45%, ficando abaixo da inflação. Na época, os cálculos apresentados pelos novos gestores do Samae apontaram que seria possível a reavaliação da tarifa adotando novas práticas de gestão dos custos fixos da autarquia.

Histórico de reajustes nos últimos dez anos:

2007: 4,98%

2008: 5,95%

2009: 11,88%

2010: 21,42%

2011: 6,97%

2012: 9,68%

2013: 19,60%

2014: 6,45%

2015: 7,76%

2016: 10,89%

2017: 6,45%