Da redação | Os funcionários da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV), de Sapucaia do Sul, decidiram, em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira, voltar às atividades e encerrar a greve. O encerramento ocorreu depois que o secretário da Saúde do Estado, João Gabbardo dos Reis, anunciou que o Piratini vai repassar nesta semana os valores atrasados, referentes aos meses de outubro e novembro.

A greve havia iniciado na terça-feira da semana passada, mas foi suspensa na sexta, depois de uma manifestação que trancou a ERS-118. A categoria da saúde reivindica o pagamento de salários, férias e parte do 13º. A Fundação alegava falta de dinheiro, devido ao atraso nos repasses estaduais.

Nesta terça-feira, haverá uma reunião entre sindicato e Fundação para discutir abonos dos dias sem atividades.