FOTO: Francine Malessa/Reprodução

Da redação | A segunda-feira (5) começou com protestos nas estações do Trensurb, em Novo Hamburgo e São Leopoldo, no Vale do Sinos. Os manifestantes reclamam do reajuste de 94% na tarifa. O valor passou de R$ 1,70 para R$ 3,30.

Na Estação Novo Hamburgo, um grupo de manifestantes estava na plataforma segurando cartazes com frases contrárias ao reajuste. Em São Leopoldo, durante a madrugada, pneus foram queimados nos trilhos próximo a Estação Unisinos. Porém, segundo a empresa o funcionamento das composições não foi afetado.

DVQTEm4XkAAttGC

Ao longo dia, estão marcadas manifestações nas estações Mercado, em Porto Alegre e na Canoas.