A proposta de implantação do transporte público de Nova Santa Rita foi apresentada na noite de quinta-feira (01), em audiência na Escola Miguel Couto, no bairro Berto Círio. O debate foi apresentado pela Prefeitura e Fundação La Salle, que realizou um estudo inédito sobre a mobilidade urbana na cidade.

NOVA EMPRESA EM ABRIL

De acordo com as informações apresentadas no encontro, a Prefeitura pretende contratar um empresa para o transporte público até a segunda quinzena de abril deste ano. A empresa será a responsável pelo transporte de passageiros dentro do município com a operação de novas linhas e horários, interligando bairros e regiões, sendo fiscalizada pela administração municipal.

NOVOS HORÁRIOS

A proposta prevê a instalação de mais de 100 horários de ônibus para a circulação dentro da cidade, contra as 56 atualmente existentes. Os ônibus deverão ser novos, com média de até oito anos de uso, com metade da frota equipada com ar condicionado e parte com acessibilidade.

TRANSPORTE MUNICIPAL

Haverá integração entre o transporte municipal, a ser realizado pela contratada, e o intermunicipal, feito entre Nova Santa Rita, Canoas ou Porto Alegre, este operado pela Via Nova.

Não haverá alteração no valor da passagem e nas linhas municipais. O passageiro poderá embarcar em outro ônibus dentro do tempo limite de 1h30, pagando apenas uma passagem.

As linhas deverão ser circulares, contemplando todas as regiões, de acordo com a demanda.

A audiência, coordenada pelo secretário Rodrigo Battistella, teve a participação da comunidade, além da prefeita Margarete Simon Ferretti.

*Com informações da Prefeitura Municipal de Nova Santa Rita.