FOTO: Cristiano Araújo/Prefeitura de Canoas

FOTO: Cristiano Júnior/Prefeitura de Canoas

Da redação, com informações da Prefeitura de Canoas | O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, e o secretário municipal da Segurança Pública e Cidadania, Ranolfo Vieira Júnior, participaram nesta quinta-feira (15) de audiência pública sobre segurança, promovida pela Câmara de Vereadores. O encontro ocorreu na igreja São Paulo e reuniu moradores do bairro Niterói. Além da participação de membros do Executivo, vereadores, representantes da Guarda Municipal e da Brigada Militar também participaram da audiência.

Na abertura do encontro, o prefeito aproveitou para anunciar a remodelação da praça Dona Mocinha, importante ponto de entretenimento no bairro. “Vamos dar uma nova cara à praça, investir em iluminação e deixá-la mais segura. Quanto mais iluminada, menores são as chances de a Dona Mocinha servir como ponto de tráfico de drogas e outros crimes”, destacou. Busato também lembrou que a construção da nova sede da Brigada Militar, em frente à praça, vai trazer mais efetividade na ação de policiamento ostensivo, já que a corporação ficará em um ponto mais centralizado do bairro.

O secretário da Segurança Pública e Cidadania, Ranolfo Vieira Júnior, destacou os esforços feitos pelo Executivo em favor da segurança pública desde o início do ano passado.”A minha experiência enfatiza a política de segurança baseada no tripé: Integração, investimentos e inteligência. Em todo o mundo se faz segurança assim”. Ele lembrou que, seguindo a premissa da integração, Canoas realiza, desde o mês de fevereiro de 2017, ações conjuntas entre as forças de segurança. Brigada Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e Fiscalização de Trânsito unem esforços, realizando barreiras e abordagens em lugares estratégicos do município, visando coibir os índices de homicídios na cidade e o tráfico de drogas.

O secretário também aproveitou a audiência para elogiar os investimentos do governo em segurança pública, lembrando da aquisição de 45 novas viaturas e da compra de armamento destinado à Guarda Municipal. Ranolfo ainda comemorou o fato que Canoas não registra, há 15 meses, nenhum latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

A audiência seguiu com as falas dos vereadores e também do representante do 15º Batalhão de Polícia Militar (15° BPM), o capitão Cristiano Martins. O oficial lembrou à população presente a importância do registro de ocorrência após algum crime, pois os boletins são balizadores para as políticas de segurança pública.