Foto: Ilustrativa

FOTO: Ilustração

Da redação | Entre a segunda-feira (9) e a noite da última terça-feira (10) seis pedestres foram assaltados em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. Os crimes aconteceram no Centro, Guarani, Pátria Nova, Rondônia e Rio Branco

Segunda-feira

O primeiro crime aconteceu no final da manhã. Dois motociclistas abordaram um pedestre na Rua Compositor José Mendes para pedir informações. Quando ia responder ao questionamento, um dos motociclistas apontou a arma para a vítima e ordenou que ele virasse de costas. O homem teve que entregar a carteira e o celular.

Horas depois, um homem estava praticando exercícios físicos pela Rua Bento Gonçalves, na Rua Guarani. Enquanto ele corria na Rua Demétrio Ribeiro foi abordado por um criminoso que pediu o celular e a mochila.

Terça-feira

O primeiro crime aconteceu às 6h. Uma mulher de 22 anos andava pela Rua General Cândido Mariano Rondon, no bairro Rondônia. Ela estava indo até o posto de saúde quando foi abordada por uma dupla de moto. Com uma arma, eles mandaram ela entregar o celuar.

Cinco horas depois, um homem de 30 anos foi abordado por dois criminosos em uma moto na Rua Cinco de Abril, no bairro Rio Branco. Não mostrando armas, eles obrigaram a vítima a entregar a carteira e o celular.

Na Rua Joaquim Nabuco, no Centro, um homem de 42 anos foi a quinta vítima. Ele estava saindo de uma agência bancária depois de sacar dinheiro para pagar a pensão alimentícia que seria depositada em outro banco. Na porta, ele foi abordado por dois motociclistas que pediram o celular. Como ele disse que não tinha o aparelho, foi revistado pelos criminosos que encontraram o dinheiro.

Uma hora depois, três assaltantes abordaram um homem de 24 anos que caminhava pela Avenida Nações Unidas, no bairro Pátria Nova. Com capuz que tapavam os rostos, o trio roubo a mochila da vítima que tinha o celular, documentos, e R$ 80.