Da redação* | A Polícia Civil, por meio da DEFREC de Caxias do Sul, sob a coordenação do delegado Adriano Linhares, prendeu no início da tarde desta quarta-feira (30) o traficante internacional de drogas Ariovaldo Bopsin da Silva, de 44 anos, vulgo Mulita, contra o qual havia dois mandados de prisão. Um deles, de prisão preventiva, foi expedido pela 5ª Vara Federal de Foz do Iguaçu (PR). O outro, por sentença penal condenatória, havia sido expedido pela 1ª Vara de Execuções Criminais de Caxias do Sul (RS).

A prisão ocorreu em São Marcos (RS). Ao ser localizado, Ariovaldo tentou fugir em um veículo Gol, através da Rua Carlos Gomes, no Centro da cidade. Os pneus do Gol ficaram furados após serem atingidos por tiros. Ele, então, pulou do carro, próximo ao Fórum, e sacou uma pistola Glock 9mm, municiada. Os policiais reagiram e o atingiram com um disparo próximo da coluna. O criminoso, natural de Vacaria, foi socorrido no Hospital São João Bosco, em São Marcos.

O preso é um conhecido traficante internacional de drogas. Junto de seu irmão, comandava o abastecimento de entorpecentes oriundos do Paraguai em Caxias do Sul e região. Além disso, possui antecedentes por crimes de roubo, associação criminosa, porte ilegal de arma, tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico. Em 2011, Ariovaldo foi denunciado pelo Ministério Público por ser chefe de um esquema de distribuição de drogas que envolvia mais de 60 pessoas de 16 grupos diferentes em Caxias do Sul.

No ano de 2016, Ariovaldo chegou a ser preso pela Polícia Federal em Santa Catarina, estado em que estava praticando diversos assaltos, a fim de obter dinheiro para a compra de drogas no Paraguai e posterior abastecimento na Serra Gaúcha. Na época, Ariovaldo e seu grupo criminoso tiveram diversos bens oriundos do tráfico sequestrados: três casas em Caxias do Sul, além de três apartamentos e uma casa em Florianópolis. A Defrec vai investigar também diversas participações em roubo a banco com a utilização de cordão humano e reféns.

Ariolvado estava foragido desde o mês de julho de 2017, e investigações realizadas pela DEFREC apontavam que ele estaria planejando um assalto a banco para os próximos dias. De posse de informações relativas a sua possível localização, os policiais passaram a diligenciar na cidade vizinha, em São Marcos, onde hoje ocorreu a prisão.

Após os procedimentos de praxe, o preso foi encaminhado ao sistema penitenciário e colocado à disposição da Justiça.

Com informações da Polícia Civil.