Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação* | Em uma ação conjunta realizada por intermédio da Delegacia Especializada na Defesa do Consumidor, do Departamento Estadual de Investigações Criminais e a Vigilância Sanitária de São Leopoldo, a Polícia Civil efetuou, na manhã desta quarta-feira (06), a apreensão de aproximadamente 850 quilos de pescado impróprio para consumo. A apreensão ocorreu em uma distribuidora de pescados localizada em São Leopoldo. O proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo.

Segundo o delegado Rafael Delvalhas Liedtke, a distribuidora tinha em depósito pescados e frutos do mar sem a devida comprovação de origem, sem a rotulagem correta e rótulos com indícios de falsificação. “Além disso, no interior da distribuidora foram localizados aproximadamente 850kg de pescados impróprios para o consumo humano e sem comprovação de origem, produtos estes que se destinavam à comercialização na cidade de São Leopoldo”. afirmou o delegado.

*Com informações da Polícia Civil.