FOTO: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Da redação | A ordem de início para a construção do viaduto no km 11 da ERS-040, no entroncamento com a ERS-118, em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, foi dada na última quarta-feira (13). A obra, de acordo com o governo, reduzirá os congestionamentos na rodovia, uma das principais rotas entre a capital e o Litoral Norte do estado.

O investimento é de R$ 16 milhões, arrecadados pela praça de pedágio de Viamão. Prometida há 15 anos, a previsão é concluir a obra em 12 meses. Os serviços serão executados pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

Conforme o projeto, o viaduto terá um vão livre de 5,5 metros e pista dupla. A previsão é fazer uma futura duplicação da rodovia. “Todo mundo sabe como fica esse trecho, principalmente no veraneio, completamente congestionado. Do jeito que está não pode ficar”, afirmou o governador José Ivo Sartori (MDB). Segundo ele, os investimentos na 118 são “prioridade do governo”.

De acordo com o diretor-presidente da EGR, Nelson Lidio Nunes, desde que a empresa assumiu a concessão do trecho, em dezembro de 2017, o projeto foi reanalisado, o que gerou uma redução nos custos de adequação. “Readequamos para dentro da faixa de domínio da EGR e conseguimos reduzir o valor da obra de R$ 41 milhões para cerca de R$ 16 milhões, sem nenhuma desapropriação”, finalizou.