FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação* | Em uma ação conjunta do Procon de Canoas, da Agência Nacional do Petróleo, do Inmetro e da Delegacia do Consumidor, oito postos de combustíveis foram fiscalizados em Canoas entre a última quinta (14) e sexta-feira (15). A fiscalização encontrou irregularidades em dois deles, que estavam com o lacre das bombas violado, o que ocasionou em autos de infração.

A fiscalização continuará nos próximos dias e o objetivo é que todos os 74 postos de Canoas sejam inspecionados. Entretanto, o Procon tem dado prioridade a denúncias de irregularidades. Nesta ação, nenhum problema de abuso de preço foi encontrado.

*Com informações da Prefeitura de Canoas