Foto: Polícia Civil/Divulgação

FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Uma transexual foi encontrada morta na manhã da última quinta-feira (21) nas margens do Rio Uruguai, em São Borja, na Fronteira Oeste. A vítima foi identificada como Thalia Costa de 32 anos.

vítima

Segundo informações do delegado Marcos Ramos Vianna, titular da delegacia da cidade, Thalia foi morta a garrafadas por um jogador de futebol da cidade, com quem mantinha um relacionamento há 15 dias. O acusado é Douglas Gluszszak Rodrigues de 22 anos, que é natural de Canoas.

Em depoimento, Douglas confessou a briga e o crime. Para a polícia, ele contou que os dois discutiram porque Thalia queria divulgar as fotos do casal em redes sociais, o que ele não queria.

A vítima era conhecida na cidade. Ela vendia jogos de loteria. Já Douglas, atuava na Associação Esportiva São Borja que disputa a Segunda divisão do Campeonato Gaúcho.

Denúncia

A Polícia chegou ao suspeito depois que um vizinho encontrou o documento de identidade da vítima caído na entrada do prédio ontem o jogador residia. Além disso, havia manchas de sangue na escada.

As câmeras de segurança do prédio, que fica na periferia da cidade, mostram o casal chegando de mãos dadas na última quarta-feira (20).

A hipótese é que Thalia foi morta ainda durante a noite. O corpo foi encontrado horas depois por moradores da região.