divulgação/ dom joão becker

FOTO: Divulgação

Da redação | A Promotoria de Fundações do Ministério Público (MP) do Rio Grande do Sul, validou nesta sexta-feira (29), a proposta do Grupo Hospital Santa Casa de Misericórdia, em relação ao Hospital Dom João Becker, de Gravataí. Agora, o grupo de Porto Alegre pode seguir com as negociações para assumir a administração da casa de saúde.

A mudança de gestão do Dom João Becker foi anunciada pela Prefeitura de Gravataí no dia 15. Porém, o MP precisava aprovar a negociação.

A mudança contou com o acerto, entre a prefeitura de Gravataí e a Santa Casa, de um repasse anual de R$ 45 milhões, R$ 10 milhões a mais do praticado anteriormente. O valor garantirá que 60% dos leitos do hospital sejam exclusivos para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).