Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Na manhã de sexta-feira (10), a Polícia Civil, através da DEFREC de Passo Fundo, coordenada pelo delegado Diogo Ferreira, com apoio da Delegacia de Polícia de Lagoa Vermelha, apreendeu cinco tijolos de maconha, em um total de 1,842kg. Também foram recolhidos 76 gramas de cocaína, uma balança de precisão, uma espingarda calibre 12, uma espingarda calibre 20 e munições. A ação, denominada Operação Estábulo, resultou na prisão em flagrante de dois homens, um de 64 e outro de 32 anos, pai e filho.

A ação contou com ajuda da cadela Laika, que novamente teve êxito na localização de drogas. A prisão ocorreu na localidade da fazenda Esperança, interior de Lagoa Vermelha. Esta operação é fruto de investigação do tráfico de drogas conduzida pela DEFREC, onde sabia-se que detentos do regime fechado do Presídio de Passo Fundo, ligados a uma facção criminosa, estavam coordenando a compra, entrega e remessa de drogas da cidade de Lagoa Vermelha para Passo Fundo.

Em Lagoa Vermelha, a droga ficava escondida em uma propriedade rural, enterrada no estábulo onde ficavam animais da chácara. A droga apreendida estava enterrada junto ao estrume dos animais, para fins de disfarçar o cheiro e tentar enganar os cães.

Os presos já eram conhecidos da Polícia Civil de Lagoa Vermelha, um deles já havia sido preso com veículo roubado, e outro por tráfico de drogas. Os dois homens, as drogas e as armas de fogo foram encaminhados à DPPA de Lagoa Vermelha, para a lavratura do flagrante, e os presos posteriormente serão encaminhados ao sistema prisional.

Com informações da Polícia Civil