Foto: Edgar Vaz/ Rádio Caxias

Da redação | O homem que confessou o sequestro, estupro e assassinado de Naiara Soares Gomes vai a júri popular.

Juliano Vieira Pimentel de Souza, 32 anos, foi acusado de estupro de vulnerável, homicídio qualificado por meio cruel e ocultação de cadáver. Se for condenado pelos três crimes, ele vai pegar de 21 a 38 anos de reclusão.

Naiara desapareceu em 09 de março, quando seguia para a escola em Caxias do Sul. Souza foi preso em 21 de março e recolhido na Penitenciária Estadual de Canoas II (Pecan II).

A sentença foi proferida pela 1ª Vara Criminal nesta terça-feira. Ainda cabe recurso. Apesar da decisão pelo júri popular, ainda não há data para o tribunal.

Em 02 de agosto, o acusado voltou a Caxias do Sul para participar de audiência.