FOTO: Jean Monteiro/Prefeitura de Esteio

Da redação* | A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SMOSU) deu início a um pacote de ações na rede de drenagem pluvial de Esteio. Na última segunda-feira (10), equipes trabalhavam no entorno da esquina das ruas Fernando Ferrari e Salgado Filho, primeiro local com intervenções. Ao todo, estão previstas 25 obras em 11 bairros da cidade, em parceria com a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). O projeto deve levar aproximadamente dois anos até que todos os pontos sejam atendidos. O investimento ao longo do período é de R$ 10 milhões, sendo R$ 3 milhões de recursos da Prefeitura e R$ 7 milhões da Corsan.

Na Fernando Ferrari, haverá a substituição dos tubos de 60cm por novos de 80cm. Já na Salgado Filho, serão colocados tubos com um metro de diâmetro, em apoio aos canos de 60cm que existem nos dois lados da via até a Rua Pelotas. Ao todo, aproximadamente 390 metros de tubulação novas serão colocadas nas duas vias. A obra garantirá um aumento significativo no escoamento da água, distribuindo para redes diferentes, além de diminuir os riscos de inundações por fortes chuvas. Quem passar pela região deve estar atento com possíveis alterações no trânsito. A Rua Fernando Ferrari está com metade da via bloqueada.

“O local foi escolhido para primeiro receber as obras pois sofre em dias de grandes volumes de chuva. A rede atual comporta apenas 28% do necessário. A parceria com a Corsan será de grande valia, pois nos ajudará com os problemas de enchentes”, afirmou o titular da SMOSU, Leomar Teichmann.

A parceria com a Corsan é resultado da compensação por intervenções feitas na cidade anteriormente e de repasses do Fundo de Gestão Compartilhada entre a Prefeitura e a estatal gaúcha. Ele foi criado após a adesão do Município ao projeto da Parceria Público-Privada (PPP) da Corsan, que tem como objetivo ampliar para quase 87,3% a população atendida pelo sistema de saneamento básico em nove municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre em 11 anos, beneficiando mais de 1,5 milhão de pessoas. Pelo acordo, o fundo receberá 4% do faturamento líquido da operação de esgoto na cidade pela PPP, valores que serão revertidos para melhorias no Município.

*Com informações da Prefeitura de Esteio