reprod internet

Da redação | A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Gravataí investiga a morte de um menino de três anos de idade, que chegou sem vida ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), na noite da última segunda-feira (24). A criança foi levada ao local pelo padrasto, já sem vida, conforme a Polícia Civil.

O delegado Felipe Borba está ouvindo pessoas que eram próximas à criança, como familiares, e apura os procedimentos adotados para tentar reanimá-la. Além disso, a investigação aguarda laudo de exame de necropsia do Departamento Médico Legal (DML), crucial para apontar a causa da morte. O objetivo é verificar se a causa do óbito é natural ou não.

Ao chegar ao PAM, a criança passou pela equipe médica, que tentou reanimá-la por cerca de meia-hora, mas sem sucesso. Para os médicos, a criança chegou sem vida ao local. Na ocasião, o Conselho Tutelar foi acionado, pois o menino apresentava hematomas na região da orelha, do queixo e pelo corpo.