Foto: Divulgação/ Arquivo pessoal

Foto: Divulgação/ Redes sociais

Da redação | O laudo do exame de necropsia, realizado na tarde desta segunda-feira (22), apontou que a causa da morte da menina Eduarda Herrera de Melo, nove anos, foi por afogamento. A informação é da Polícia Civil. O corpo da criança foi encontrado no Rio Gravataí, , na altura do km 23 da ERS-118, em Alvorada. Ela havia sido sequestrada em Porto Alegre, na noite de domingo (21).

Para a investigação, a causa do óbito é em virtude do local onde a menina foi encontrada, dentro do rio. Ela não tinha marcas de disparos de arma de fogo. Preliminarmente, também não apresentava sinais de abuso sexual, que será comprovado através da perícia.

O reconhecimento partiu da família da menina, que foi até o local, pela manhã, sendo possível a identificação oficial.

ALVORADA | Polícia Civil divulga retrato falado de suspeito de raptar menina encontrada morta em rio