Foto: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Um homem foi morto com um tiro no abdômen, no último domingo, em Igrejinha, no Vale do Paranhana. A vítima foi identificada como Tiago Almeida Souza de 31 anos.

Tiago foi encontrado morto pela Brigada Militar (BM) na frente da casa da sogra. Na cena do crime, os policiais descobriram que no dia anterior, ele havia agredido a idosa de 62 anos e prometeu matar a esposa.

Horas depois, Tiago voltou com uma faca e procurou pela mulher. Segundo o delegado Ivanir Luiz Moschen Caliari, que investiga o caso, o homem acabou sendo atingido por um disparo de espingarda. O autor do disparo, conforme a apuração dos fatos, foi o cunhado que não teve a identidade revelada. Ele ainda não prestou depoimento.

De acordo com Ivanir, o suspeito não deve ter prisão preventiva solicitada. A tendência é que ele responda pelo crime em liberdade.

Histórico de crimes

Conforme o delegado, Tiago tinha antecedentes criminais e era considerado agressivo. Na ficha, tinha duas ocorrências por violência doméstica contra a mãe, quatro contra a sogra e seis contra a esposa. Ele chegou a ser preso preventivamente pelo crime.

Porém, ele também já foi preso por furtos, roubos e pelo envolvimento em um homicídio no ano de 2017. Desde dezembro de 2018, ele estava em liberdade provisória.