Foto: Marcelo Nunes/Arquivo Pessoal

Da redação | Os rodoviários da Sogal cruzaram os braços no inicio da manhã desta quinta-feira (7). O motivo é a falta de pagamentos dos salários. Por causa disso, nenhum coletivo saiu da garagem entre 4h e 6h da manhã.

Conforme o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Canoas, Marcelo Nunes, os atrasos já estão ocorrendo há meses, mas a categoria vinha conversando com a empresa e adiando uma atitude. “Entendemos que eles estão fazendo uma apropriação indébita de um valor que não é deles, o que acaba sangrando os funcionários”, comentou. Férias e FGTS também não estão sendo pagos.

Em reunião com a categoria, a empresa disse que deve depositar o pagamento até o final da tarde desta quinta. Caso não ocorra, os rodoviários devem paralisar novamente na próxima sexta-feira (8).