Vala da Curitiba. Foto Vinícius Thormann

Foto: Vinícius Thormann/ divulgação

Secom Canoas | Parte do trabalho de prevenção dos alagamentos na Mathias Velho, a limpeza da vala da Curitiba está em fase final de execução nesta semana. A intervenção é uma iniciativa da Prefeitura de Canoas, por meio da Secretaria Municipal de Obras (SMO), e deve durar até sexta-feira (15), se o clima se mantiver seco.

A região da Rua Curitiba é uma das prioridades da prefeitura de canoas, já que os moradores do local sofriam frequentemente com o acúmulo de água da chuva. A limpeza da vala compreende o trecho entre a Casa de Bombas 8 e o final da Curitiba.

Em janeiro de 2017, a pedido do prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, foi montada uma força-tarefa dentro da SMO. O objetivo era identificar os principais pontos de alagamento na cidade, trabalho que foi executado de forma rápida. A partir deste mapeamento, as equipes da Secretaria e subprefeituras iniciaram o trabalho de desentupimento pluvial nos locais mais afetados pelas chuvas. Uma dessas regiões é bairro Mathias Velho.

“A limpeza da vala da Curitiba faz parte de um planejamento sistematizado de manutenção das valas, execução de macro e microdrenagem, limpeza de bocas de lobo e hidrojateamentos”, explica Adalberto Schen, secretário de Obras de canoas. Até hoje, a prefeitura já realizou a limpeza de mais de 20 valas, além da desobstrução de mais de 30 mil bocas de lobo.