Da redação | Marcelo Daniel Farioli, 44 anos, foi condenado a 27 anos, quatro meses e 13 dias de prisão por assaltar, extorquir e estuprar uma estudante universitária, em Caxias do Sul. O crime ocorreu em 2 de julho do ano passado, quando a acadêmica, que tem 26 anos, foi surpreendida pelo criminoso no estacionamento da Universidade de Caxias do Sul (UCS).

O acusado estaria armado para obrigar a vítima a dirigir seu veículo, um Renault Sandero, até o interior do município, em São Luiz da 6ª Légua. Na localidade, ele teria estuprado a mulher e a obrigado a contatar a família pedindo dinheiro.

A versão do condenado é diferente. Ele alegou que pediu uma carona para a vítima e que a conhecia através da UCS. Relatou também que ambos praticaram ato sexual consensual e consumiram maconha. Por conta de uma suposta dívida, ele teria enganado a mulher, pedindo o dinheiro e em troca conseguiria mais um quilo da droga. Como não conseguiu isso, levou o carro da vítima e pertecentes pessoais.

A versão de Farioli é considerada insuficiente. Ele está preso desde 6 de julho do ano passado.