Foto: Divulgação

Prefeitura de Esteio | Uma tradição marcou o 64º aniversário de Esteio, comemorado nesta quinta-feira (28). Pelo 19 ano consecutivo, a Rua 28 de Fevereiro, no Parque Amador, recebeu uma missa campal. A celebração religiosa foi presidida pelo padre Fernando Glucklich Pietranera, pároco da Paróquia Imaculado Coração de Maria. Cerca de 200 pessoas prestigiaram a atividade na via cujo nome homenageia a data de emancipação esteiense.
No final da missa, o prefeito Leonardo Pascoal saudou o público e agradeceu a todas as pessoas que trabalharam para a realização da celebração.

“O aniversário é, em primeiro lugar, momento de agradecer pelo tempo que passou, pelo último ano para o nosso município, para nossas famílias. Foi um ano de muitos avanças, de muitas conquistas, e também é momento de pedir que tenhamos muitas alegrias e realizações daqui para frente”, afirmou. “Como prefeito, tenho muito orgulho de servir o povo de Esteio. A gente se dedica a essa tarefa de bem servir diariamente. Tivemos muitos progressos que se refletem em melhor qualidade de vida para a população esteiense”, seguiu.

Pascoal pediu que a comunidade se envolva, participe e colabore com a Administração Municipal para que Esteio avance ainda mais. “O espírito de comunidade, que deu origem à nossa cidade há mais de 60 anos, precisa ser resgatado diariamente, cada um fazendo a sua parte. Se cada um fizer a sua parte, será mais fácil para a Prefeitura fazer a dele e, assim, termos uma cidade ainda melhor de morar. Esse é o verdadeiro espírito de vida em comunidade”, destacou.

No encerramento de sua fala, o prefeito convidou para a festa de aniversário, que será comemorada no próximo dia 9, a partir das 16h, tendo como atração principal o cantor Léo Pain. “Mas, no dia do nosso aniversário, não teria melhor maneira de colaborar do que com essa celebração, entre amigos, rezando e pedindo que Deus siga abençoando a nossa cidade. Muito obrigado de coração a todos os senhores e senhoras por esse carinho diário que agente recebe, pelas contribuições, pelas sugestões e, acima de tudo, pelo trabalho que vocês fazem pela nossa cidade. Nós temos uma missão que é conduzir esse processo, mas se não tiver homens e mulheres de bens, dispostos todos os dias a sair de suas casas para trabalhar, para empreender, para ir para a igreja, para fazer projetos, seja lá como for, para serem bons cidadãos a gente não consegue nada. Muito obrigado por isso e que venham agora os 65 anos e que no ano que vem estejamos aqui para celebrar a idade desta jovem senhora de Esteio”, finalizou.

A celebração religiosa terminou com o tradicional parabéns à você, com a letra adaptada para atividades da igreja católica.

Festa com várias atrações

O ponto alto dos festejos da emancipação de Esteio, que começaram no último sábado (23) com o 5º Esteio da Poesia Gaúcha e 1º Esteio do Amanhã, realizado no Seminário Claretiano, será no dia 9 de março, com uma grande festa no Parque Galvany Guedes (Av. Porto Alegre, 505 – Jardim Planalto). A principal atração do evento, que começa às 16h e terá entrada franca, será o cantor Léo Pain. O cantor de Alegrete , criado no movimento nativista, migrou para o sertanejo, buscando alcançar um público maior.
Além de Léo Pain, a festa no Galvany Guedes terá show com o cantor canoense Rodrigo Ferrari. Tradição nas festas de aniversário de Esteio, as atrações locais ficarão a cargo das bandas Velhos Vícious e Dona Laura e do cantor Patrick Martins.O evento, organizado pela Prefeitura de Esteio através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (SMCEL), terá patrocínio total do Grupo In Betta. A festa não vai gerar despesas para a Administração Municipal.

Fundação

No dia 28 de fevereiro, Esteio completa 64 anos de emancipação política. Mas a história do Município começa em 1736, quando cerca de 450 km² de terras nas paragens do Cerro de Sapucaia são entregues pelo governo ao português Antonio Fernando de Souza. Passados 140 anos, os operários que trabalhavam na construção da linha férrea entre Porto Alegre e Novo Hamburgo formam junto aos trilhos um pequeno vilarejo na altura das terras da Fazenda do Areião, atravessada pela ferrovia.

Três fatores foram importantes para o crescimento do povoado no início do século passado: a inauguração da estação de trem, a construção de rodovias e a comercialização de lotes na região. Em 1948, Esteio passa à categoria de vila, entrando na década de 1950 com forte mobilização para a transformação em Município. As ações da comunidade resultam na redação, em 22 de novembro de 1952, da primeira convocação oficial do movimento pró-emancipação de Esteio, que pertencia, então, a São Leopoldo.

A campanha leva a um plebiscito, em 8 de dezembro de 1953. Nele, a população decide pela opção de formar uma nova cidade. Assim, em 28 de fevereiro de 1955, em frente a Praça do Expedicionário (onde, então, começaria a funcionar a Prefeitura Municipal), o Município de Esteio é instalado, tendo Alécio Frainer (eleito em 1954) como primeiro prefeito.

Festa de aniversário de Esteio

Quando: 9 de março, 16h

O que: Festa de Aniversário

Local: Parque Galvany Guedes (Avenida Porto Alegre, 505 – Jardim Planalto)

Atrações: Léo Pain, Rodrigo Ferrari, Velhos Vicious, Dona Laura e Patrick Martins

Quanto: Gratuito