PRESA POR MATAR O FILHO | Mulher é agredida por outras detentas

Foto: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | A mulher de 24 anos que está presa por suspeita de participar da morte do próprio filho foi agredida por detentas do Presídio Regional de Passo Fundo (PRPF). Ela estava no local desde a madrugada de sexta-feira (8), quando foi presa em flagrante pelo crime de homicídio doloso.

Conforme a Polícia Civil, uma agente penitenciária informou que escutou barulhos vindos da cela onde a mulher estava. Quando chegou no local, outras detentas relataram que a acusada tinha sido agredida por todas que estavam ali. Elas ainda reforçaram que não queriam que a suspeita ficasse ali.

Devido aos ferimentos, a mulher foi levada para atendimento no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) pelos agentes penitenciários. O caso será investigado pela Polícia Civil.

O crime

A mulher e o marido estão sendo investigados por terem matado o próprio filho de 21 dias. Ele chegou sem vida ao Hospital de Clínicas de Passo Fundo (HCPF).

Conforme os médicos, a criança apresentava lesões por todo o corpo.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!