Foto: reprodução

Da redação | O presidente Jair Bolsonaro afirmou em passagem por Pelotas, no Sul do Estado, que não haverá mais radares móveis no Brasil.

A declaração foi feita durante a cerimônia de entrega da duplicação de 47 quilômetros da BR-116, na manhã desta segunda-feira (12).

“É uma roubalheira essa indústria da multa. Anuncio para vocês que a partir da próxima semana não teremos mais radares móveis no Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Na ocasião, o presidente reiterou que pretende aumentar de cinco para dez anos a validade da CNH e a pontuação limite de 20 para 40 pontos.

Durante a cerimônia, Bolsonaro anunciou ainda a liberação de R$ 100 milhões para o prosseguimento das obras de 55 quilômetros entre Pelotas e Guaíba.